Arquivo da tag: Skate

OnePiniDv – A Serviço Das Ruas

Essa coisa de sou rua pra cá e sou rua pra lá, e a rua é “nóis” e não sei o que vem se tornando cada vez mais popular, vamos separar os homens dos meninos que a coisa flui muito melhor. Tiago Pini mostrou que é realmente rua, e que se dá tão bem com ela como um alfaiate se dá bem com um belo terno. Parabéns à Tiago Pini pelas imagens coletadas ao longo de bons tempos e que foram editadas com maestria pelo OneDv Raphael Mariano. Confiram conosco as manobras que o skatista da Zona Sul de São Paulo soltou em frente à diferentes lentes e câmeras ao longo dos últimos anos. Com Nollie Flips com as quatro e um estilo descontraído de voltar as manobras, apresentamos à vocês essa coletânea de boas filmagens. Tiago Pini, o OneDv aprova este rolê. ♣

 

       

         

   

OneValeDv – Combeira da Peste

O skatista profissional e já conhecido de muitos anos da mídia skateira, Sandro Sobral, se encontrou com nosso correspondente das câmeras, Raphael Mariano para uma sessão noturna no Vale do Anhangabaú. Sob a benção de MC Morato, o skatista fuzilou as lentes de Pezão com seus combos inéditos. Confiram comigo no replay. ♣

 

        

      

   

OneNaiteDv – Festa de Lançamento do Circuito Universitário de Skate

Sexta-feira chegou e ,principalmente para quem tem que cumprir com a labuta diária, este é o dia para extravasar todo o estresse vivido nos dias anteriores. Nós do OneDv sabemos mais do que ninguém disto e como não só de revolta,  piquete e de cumprimento de deveres vive o ser humano, uma zueira de fim de semana é sempre bem-vinda. Comparecemos à Festa de Lançamento do Circuito Universitário de Skate, uma iniciativa da Prefeitura de São Paulo que aconteceu no Clube Tapas e contou com show ao vivo e premiação dos vencedores do Circuito do ano passado. O tradicional clube da Avenida Augusta reuniu velhos conhecidos do skate nacional e contou com a presença de simpatizantes da causa, o que tornou a balada bastante movimentada (ou não).

Os vencedores do ano passado foram Micke Veloso no Amador, Matheus Carrasco no Estreante e Jaqueline Damasceno no Feminino.O OneDv dá os seus sinceros parabéns aos premiados.

Os orgulhosos Micke Veloso e Matheus Carrasco exibindo suas passagens para Buenos Aires

Familia Madá foram os responsáveis pelo Show ao vivo

Chayco no mic.

André “Covero” com o coração na ponta do microfone

Além da Premiação e do show, como sempre, muita coisa aconteceu nos bastidores do evento. Ao menos nas aproximadamente 2 horas que ficamos no evento, bom humor e camaradagem deram o ar da graça. Enquanto uma chuva pentelha molhava o asfalto da rua, jovens sob influência da sexta-feira se divertiam dentro do clube, o que foi o nosso caso. As fotos não nos deixam mentir.

Irmandade reunida antes do evento, sobriedade reinando

Os camaradas prestigiando a festa

Thiago Resende, rato da noite, marcando presença enquanto o barman fazia o seu serviço ao fundo

Igor Morozini e Leo Fagunders

Camarada farreando á valer

Joe Borges e amigos

Thiago Resende e o popularmente conhecido como “Jesus”

Leo era só alegria

Uma viagem lisérgica com Leo Fagundez, Tarcio Moreira e Joe Borges

Tarcio, Igor, Thiago e Cesinha se divertindo á beça

Karin Lisboa dividiu lentes com Leandro Furini na cobertura do evento

Karin segurou um papo sério com Leo Fagundez

Caio Youssef subindo a escada psicodélicamente

Enquanto Johnny Borges cumprimentava Thiago, Caio não se conteve de emoções

Um momento sublime de emoção à flor da pele

Como a sinceridade é marca registrada desta bagaça, vamos aos fatos. Chegou um momento, e esse momento não tardou à chegar, que a festa ficou demasiadamente, como se diz por aí, miada. As pessoas estavam apenas respirando e existindo e esse foi o momento de partir. Joe Borges já havia partido, depois de uma forçada saída (que não foi contra a sua vontade) mas foi resultado de uma fuga da área de fumantes, e não tardou para que todos os envolvidos na celebração se desvencilhassem do Clube para o resto de seus finais de semanas. Depois de terminada essa etapa da vida de cada um, a próxima etapa seria tomar mais algumas cervejas pela região da Augusta centro, o que aconteceu sem maiores problemas. Ao final da noite restaram Joe Borges, Leandro Furini, sua namorada e Caio Youssef, grande conhecido e membro honorário das empreitadas do OneDv.

C’est fininho

E mais uma sexta-feira foi coroada com muitas aventuras, conversas mirabolantes, um evento que esperamos que o Circuito Universitário supere-o em muito e um andar inteiro de bar para nós. É isso que o OneDv deseja para todas as sexta-feiras de todos os cantos do planeta. ♣

   

  

OneTiagueraDv – Faz Parte

Não é mais novidade para ninguém que o OneDv vem rendendo suas peripécias mais no período noturno da semana, e como parte desse fenômeno, Tiago Pini foi o protagonista desta cobertura. Tiago, figura carimbada do Parque do Ibirapuera, Avenida Paulista e orgulhoso morador da Zona Sul paulistana, é um daqueles skatistas que sempre vão impressionar e tirar uma da manga que ninguém imagina. É interessante como em nenhum momento pareceu que algum tipo de dúvida pairava sob sua cabeça enquanto uma tentativa de manobra era executada. Andando de skate desde a hora do almoço até à noite, o comprometimento é forte, e é algo muito bom de se perceber na pessoa.

No primeiro dos dois dias, Leandro Furini e Joe Borges encontraram-se com o atleta pelo Parque Ibirapuera, por volta das 21h e de lá levaram-no para o primeiro pico: a praça do McDonalds da Avenida Bandeirantes, uma praça de simpática, com 2 canteiros de plantas no meio, com 2 escadas (uma da praça para o chão ruim da parte da calçada e a outro do drive-thru para a praça), bordas baixas e um chão bastante razoável. Tiago já havia andado antes no local e fizera uma tentativa despretenciosa de F/S Flip na escada para a praça, o que mais tarde se concretizaria. Arrumamos todas as bugigangas, luz, devidos ângulos, e não tardou para que Tiago concretizasse seu F/S Flip perfeitamente, depois de uma sequência de boas tentativas, um descanso, dois quase acertos e por fim a execução perfeita.

Tiago soltando o F/S Flip com o deus McDonalds de olho em tudo

Depois  da manobra, Tiago ainda viria a acertar um F/S Bigspin (uma de suas maiores especialidades, assim como o 360 Varial) na mesma escada. A missão na pracinha não tardou a acabar, e saindo de lá, à bordo do OneDv móvel, a próxima  missão era um pouco mais dificultosa.

Um dos mais tradicionais símbolos do tão aclamado consumismo na cidade, o Shopping Ibirapuera, é conhecido também por ter uma apetitosa escada de  7 degraus do lado de fora. Essa escada já ficou eternizado por boas manobras, como o Varial Flip do falecido Betinho Pires, lá pro começo dos anos 2000. A escada tem um chão excelente na ida e razoavelmente bom na volta, um tanto quanto cascudo. Para os seguranças do local não há brincadeira, já fomos barrados antes em matéria com Leo Fagundez, e dessa vez sabíamos que a brincadeira tinha que ser mais rápida. No carro os 3 já conversavam do fato de que a manobra tinha que ser concretizada em no máximo umas 3 tentativas, de preferência de primeira. Então a dúvida era qual manobra tentar. Tiago ao ver a escada já disparou que voltaria um S/S Ollie sem maiores dificuldades, sinal de confiança, o que é contagioso em momentos como esse. Rapidamente saímos do carro e já nos dirigimos à escada, armando os equipamentos e esperando o baque da manobra no chão. Tiago deu uma olhada rápida na escada e logo na primeira tentativa, concretizou o S/S Ollie perfeito e impressionando aos OneDv’s de plantão. Nem sombra de segurança nenhum por perto.

S/S Ollie na escada do Shopping Ibirapuera

Em seguida do feito, e impressionados com a facilidade, continuamos a registrar a sessão na escada, só que dessa vez com um Flip, que além de ter machucado o pé de Tiago devido ao impacto, foi interrompido pelo segurança. Mas não há problema, esse S/S ollie já foi de grande tamanho dentro do contexto do pico. Enquanto o segurança soltava uma groselha atrás da outra, revoltado por ter sido driblado homéricamente em seu próprio território, eis que surge um jovem morador da região, vestido parecendo um pirulito jeans e defendendo os ideiais do skate fervorosamente com o segurança “skate não é crime não, deixa os caras andarem”. É claro que esta figura não poderia passar batida, e ele aproveitou a situação para dar uma palhinha  de seus velhos tempos de skate. O camarada entendeu o espírito da situação.

Tiago já sofrendo com os impactos da escada

A escada é amiga, tanto pela manobra quanto pelo descanso

 O camarada pegou o espírito da coisa

Voltamos para o OneDv Móvel e as praticamente 2 horas que se passaram desde o encontro inicial no Parque já haviam rendido boas manobras. Ainda pela região, voltamos à um antigo conhecido da galera, o Extra da Av. José Maria Whitaker, na região do Planalto Paulista. O gap de chão ruim tanto na ida quanto na volta, que já é conhecido da mídia skateboardeira, foi o palco da última missão do primeira dia. Tiago já chegou pensando em um 360 Flip, que sem dúvida nenhuma é a manobra para esse gap. Não há duvidas de que existem manobras que combinam com determinados lugares, até mesmo plasticamente falando, coisa que não se pensa com tanta frequência, e esse 360 Flip seria a manobra desse pico. Uma rápida olhada em elementos como a velocidade, o espaço da volta, etc já mostraram a dificuldade para Tiago. As tentativas começaram e o cansaço foi chegando. Não contabilizamos com exatidão, mas acredita-se que umas boas 20 tentativas foram proferidas contra o solo do lugar. O cansaço foi tomando forma e Tiago foi ficando exausto. As tentativas que estavam muito perto e muito bonitas à príncipio foram ficando um pouco mais longes e Tiago resolveu dar como encerrada a sessão do dia, afinal, o gap estava ali à nossa disposição e não vale a pena ficar se arriscando cansado deste jeito. Neste dia renderam poucas porém interessantíssimas manobras, bem soltadas e com bom-gosto.

Eis que veio o segundo dia de sessão. Assim como no primeiro dia, os 3 integrantes estavam presentes, só que com um novo espectador: o grande Rovani, amigo de Tiago e morador da mesma região que ele. Skatista das ruas, Rovani  voltará a andar a pouco tempo, depois de um bom tempo sem skate por razões pessoais, e dessa vez estava dando o devido apoio ao protagonista da matéria. A sessão começou na Avenida Paulista, onde os integrantes da barca soltaram suas manobras descontraidamente e sem nenhuma gravação, na companhia de amigos da sessão. Terminada a sessão, o OneDv Móvel se dirigiu logo ao gap do mercado Extra e já chegou direto ao ponto. Todos os equipamentos foram armados e a missão pela volta da manobra começou firme e forte no frio extremo da madrugada. Tiago estava tão inspirado quanto da primeira vez, descansado e com o gás nas alturas, chutando o 360 Flip para colar exatamente no pé da frente. Quando a brincadeira vinha tomando forma, e a manobra era apenas uma questão de tempo para ser voltada, um segundo se tornou crucial, foi o segundo em que o pé direito de Tiago pousava de lado no chão e torcia seu tornozelo violentamente. No momento todos já foram acolhê-lo e não haviam dúvidas de que a sessão acabava precoce. Infelizmente, um momento desagradável que todo skatista já passou ou vai passar.

A reflexão

As tentativas do 360 Flip de Tiago estavam enchendo os olhos

As luvas já sofriam com o áspero chão

O resultado

Em alguns minutos a berinjela já estava madura

O OneDv Móvel então foi herói nessa história também, levando Tiago até sua longínqua residência e tendo a ajuda importante de Rovani carregando Tiago até a porta. Simbólicamente, Tiago resolveu deixar suas luvas no pico, veremos se isso ajudará à uma possível volta do 360 Flip. Infelizmente a manobra não foi executada, mas a garra que Tiago representou desde o primeira dia de matéria foram impressionantes e sem dúvida ele cravou um lugar importante no blog. As lesões fazem parte da caminhada, e o que não falta é vontade de voltar esse 360 Flip para exorcizar os demônios que ficaram para trás, mas que são insignificantes perto das conquistas que foram voltadas com as 4. Faz parte.♣

        

    

      

OneFestivAlmaDv – Tem Uma Pista na Minha Sopa

Para você que se revoltou com os 2 meses de treinamento intensivo que nós do OneDv passamos longe sem postar nada, pedimos nossas humildes desculpas, querido internauta, e é com esse Wallie de Ricardo Dexter  que lhes trazemos um pouco da nossa visão  do que aconteceu de novo esses dias no velho Ibira. Nos dias 26,27 e 28 de Maio aconteceu no pavilhão do Parque Ibirapuera, o FestivAlma 2011, evento na realidade de surf, patrocinado pelos chinelos Rider,  e que envolveu shows, como o de Donovan Frankenreiter, exposições (inclusive do fotógrafo Heverton Ribeiro, da Tribo Skate) e outras peripécias. Dentre essas peripécias, estava uma pista de madeira, estreita, com obstáculos inusitados e bem distribuídos e aberta para que todos aqueles que estivessem prestigiando o evento andassem e fizessem sua sessão. A pista era patrocinada pela Element Brasil, como parte da ação Have a Dope Day, que instiga os seres humanos sobre rodas a acima de tudo se divertirem com seus amigos na sessão e que pensem de uma maneira mais leve e descontraída. A equipe trouxe seus atletas brasileiros para o evento, contando com outras participações ilustríssimas, como a do veterano Paulinho Barata e do velho marujo Leo Fagundez. Muitas manobras rolaram ao longo dos três dias, regadas à cerveja e á música alta. Para quem está se sentindo órfão do fechamento temporário da marquise do Ibirapuera, o evento trouxe o skate de outra maneira para os domínios do Ibira. Quanto ao evento, tudo ocorreu bem, a não ser para Mário Romário, que se chocou com o skate de Leo Fagundez e bateu o peito na guia do gap com rampa, que por sinal era um obstáculo interessante, que rendeu (além de manobras lançadas pela rampa por sobre o gap) algumas boas combinações de manual. A pista era bastante interativa, alguns obstáculos podiam ser mudados de lugar  e a criatividade não teve limites nessa empreitada. Voltando ao ocorrido com Mário Romário, ele foi atendido por bombeiros e paramédicos no local e encaminhado ao hospital, acompanhado de Leo. No meio da sopa do FestivAlma, havia a pista da Element pra dar uma emoção aos presentes. Todos marcaram seu lugar na demo, esse foi o grande espírito do evento. As fotos aqui falarão mais do que as palavras, e em muito mais breve do que imaginam ,nos vemos novamente aqui pelo mundo de OneDv. ♣

F/S Flip de Dhiego Correa por sobre o gap

360flip de Akira Shiroma, estiloso

Flip Shifty de Dhiego Correa por sobre o gap.

Ricardo Dexter, B/S 5-0 pulando o Gap.

Ruggero Fiandanese, Gap pra F/S Tailslide

Paulo Piquet levando pra outro nível. Nollie F/S Heel do gap subindo pra rampa.

Paulo Piquet com um F/S Feeble na trave.

Klaus Bohms acertou esse B/S Smith na trave.

Akira Shiroma também deixou seu F/S Feeble na trave por sobre o gap.

Ruggero Fiandanese e Akira Shiroma ao fundo.

PS: E para quem sentiu falta de uma foto de Leo Fagundez, não temos tal conteúdo. Mas aqui está uma ótima foto-sequência do rapaz, tirada pelo fotógrafo da revista Tribo Skate, Marcelo Mug.

             

 

 

OneSessionDv – Na Gloriosa Praça Dina

O OneDv mais do que orgulhosamente apresenta para você, internauta, esta gloriosa session num dos picos mais escondidos de São Paulo, a Praça Dina. Essa praça fica próxima à Marginal Pinheiros, e apesar de já terem castigado bastante as bordas, o pico é bem recente. O pico se localiza próximo a prédios residenciais e foi modificado por skatistas para tornar-se do jeito que está atualmente. A  sessão contou com a participação de Joe Borges, Leo Fagundez, Junior Tampa, Marcelo Valadão e Fabio Oliveira, e a filmagem e fotos ficaram no encargo de Leandro Furini, com ajuda de Leo na filmagem e  de Tampa e Fábio nos flashes.

A sessão foi bastante proveitosa, muita manobra boa acontecendo, porém, infelizmente nem tudo pôde ser captado por nossas lentes, já que a bateria acabou no ápice da sessão.  Confiram aí o que aconteceu de melhor nessa tarde nublada de domingo, onde nossos heróis tiveram um momento de tranquilidade, paz, destruição e caos. ∞

Joe Borges

OneDvApresenta – Douglas Demari “Catarina”, O Retorno

Ele está de volta, Douglas Catarina retorna ao espaço do blog com novas manobras, nova edição e agora em Wide. ♣

OneGirinoDv – O retorno do anfíbio

Ele está de volta! Para quem não botava fé ai está, Bruno Girino volta ao nosso palco com um belíssimo S/s Ollie nesse gap nos arredores do Largo de Moema. Numa noite fria e de pessoas bizarras, fomos fazer a cobertura dessa sessão.

A equipe OneDv formado por Leandro Furini, Joe Borges e Leo Fagundez se dirigiu à marquise do Parque do Ibirapuera para se encontrar com Bruno, para que de lá saíssemos em desbravamento dos picos moemenses. Antes de mais nada, demos uma passada no mercado para comprar pilhas para os flashes, esse foi o verdade pontapé incial. De lá, com pilhas e chocolantes em mãos, nos dirigimos até o Parque das Bicicletas, vulgo Caloi, para darmos uma checada num gap extenso de grama. Nosso receio de que o pico estivesse fechado logo se transformou em alívio e começamos a aquecer as pernas. Com a luz fraca e a falta de aquecimento, Bruno não se sentiu à vontade e resolvemos dar mais um giro pelas redondezas. Foi aí que surgiu a velha conhecida escada de um ex-banco ali no Largo de Moema. Ao chegar no pico resolvemos utilizá-lo de outra maneira, como um gap de lado, além da foto ficar mais bonita, era uma maneira alternativa de usar o pico. As manobras foram saindo, Bruno deu um Ollie para aquecer é em seguida um S/s Ollie perfeito. Depois de 3 ou 4 S/s Ollies registrados, ele partiu para o S/s Flip e S/s Shovit, sem sucesso (na próxima edição sai!). Cansaço, palhaçadas, flashes na cara e Leo Fagundez mais uma vez se machucando formaram a sessão nesse pico. De lá rodamos mais um pouco pela região da Santo Amaro e chegamos a uma sábia decisão: vamos tomar uma cerveja pela foto. Foi aí que a bizarrice começou.

Leo, brincando de levar Flash no cérebro

Taí o resultado..

Pão de Açucar, ó! Pão de Açucar. Esse foi o lugar que encontramos para estalarmo-nos no frio da meia-noite. Nos abastecemos de algumas garrafas de Original e pão com mortadela e sentamos no estacionamento. Conversa vai, conversa vem e enquanto Leo nos emocionava com sua verídica história épica que ocorrerá no dia anterior, quando foi assistir o jogo da Copa com uns amigos, mas por razões mais ou menos óbvios nem sequer sabia onde estava nem que o segundo tempo ja tinha acabo à 3 horas, surge uma figura na rua. Era um homem de meia-idade, cambaleante e muito, mas muito, afeminado. Ele surge no meio de nós quatro cantando: “Bomxibomxi.. bombom.. bom!” e para! “Puta que pariu, daonde veio esse cara” pensamos. Ele nos alugou por uns 15 minutos com um discurso alterado por drogas ilícitas (especulação apenas.. cof cof) e uma pitada de boilice, falando sobre Copa do Mundo e dinheiro. O cara era bem folgado, mas mantemos o espírito OneDv de levar na boa e dar risada e no final quem saiu irritado foi ele! Por que?! Leo Fagundez tem a resposta, perguntem à ele (e é pra perguntar mesmo!). O campeão entrou no mercado e depois de alguns minutos seguimos nosso caminho, como de costume, depois de ficarmos um bom tempo bundando no pequeno portão branco do mercado.

A sessão rendeu de tudo, desde manobra cabreira até essa figura tosca do mundo subterrâneo de Moema. Bruno Girino deu as caras mais uma vez no blog, e não pela primeira nem pela última vez.

Texto por Joe Borges

OnePremiereDv – Seleção Natural

No dia 11 de Maio, na Matilha Cultural, centro da cidade, ocorreu a premiere do vídeo Seleção Natural. O One-Dv foi lá prestigiar o evento, já que muitos amigos estavam envolvidos no projeto, cortesia da Rotina Filmes, com patrocínios Element, Dc Shoes e 100% Skate. Apesar da dificuldade de chegar ao local e de certos problemas em pegar o ingresso para a última sessão, nossos heróis puderam comprovar que o evento foi de primeira linha. Ao chegar ao local, ja avistamos a grande multidão de skatistas sedentos por alguns drinks, muvuca e, é claro, prestigiar e apoiar um vídeo de ótima qualidade. Muita arte envolvida, música alta e muitos figurões da gloriosa cena brasileira do skate ditaram a regra, o evento foi tão prestigiado que 4 sessões foram necessárias para que todos tivessem a chance de assistir ao vídeo. Nós, pontuais como sempre, chegamos ao fim da 2ª sessão e tivemos dificuldades em entrar pra 3ª, isso foi problema? De jeito nenhum, social e cerveja deram o ar da graça mais uma vez.  O ingresso para a sessão era distribuído na unha e cada um pegava uma tampinha simbólica com uma pata desenhada que era devolvida ao segurança na hora de subir para o segundo andar, onde a mágica acontece  (eu sei, é um pouco difícil de descrever, mas imagine um templo hindu lotado, era mais ou menos isso que acontecia aos pés da escada).

Enfim, depois de cobrir o evento, tirar muitas fotos e dar muitas risadas, chegou a nossa vez! Demos o sangue por um ingresso, acredite, inclusive tiveram alguns que nem na 4ª sessão conseguiram entrar (Leo Fagundez, que com ums marotagens ai conseguiu assistir ao vídeo mesmo assim). Por mérito nosso, que ficamos colados na escada quase 10 minutos antes de liberaram a sessão, fomos uns dos primeiros da fila, logo pegamos bons lugares para a sessão, daí pra frente a coisa só melhorou.

Agora sim, o vídeo. Não somos particularmente fãs dos vídeos nacionais (nem um pouco fãs, aliás), coisa que vem mudando constantemente, pela crescente evolução dos mesmos, como prova o Seleção Natural. O vídeo ficou com uma cara muito boa, muito interessante, com humor envolvido, vinhetas à la Radio Television da $lave entre uma parte e outra, boa filmagem e o que mais agradou, a edição. Pelo menos três partes do vídeo deixam aquele gostinho de quero mais, coisa difícil de se ver por ai, com belíssimas imagens e um belo misto entre alto nível e imagens aleatórias, de muito bom gosto por sinal. Não vamos estragar a surpresa, mas o destaque, sem sombra de dúvida, vai para a parte de J. P. Anjinho, uma das melhores partes dos últimos tempos no país. É impressionante, principalmente se você não colocar muita fé no vídeo, o que vai te quebrar a cara fácil.

Aqui vocês podem dar uma conferida no trailer do vídeo, só um tira-gosto. Para quem quiser adquirir o dvd, aqui vai o email dos caras: rotinafilmes@gmail.com

Tiramos algumas conclusões após prestigiar o evento, e com base nisso, e em muitas experiências extremamente edificantes em nossas vidas, o One-Dv recomenda veementemente três coisas: meias limpas, Kinder Ovo e Seleção Natural.Ψ

Texto por Joe Borges

OneZicaDv – De olho no Maninho

Numa noite de quinta-feira, nossos heróis munidos de uma câmera fotográfica, dois flashes, um tripê e toda uma aparelhagem, se juntaram ao guerreiro das ruas, Everton Maninho para uma sessão de fotos pela região da Paulista e Sumaré da cidade. A noite começou tensa, Leandro Furini, Jonas Borges e Leo Fagundez chegaram à Blue Square, por volta das 22h para se encontrarem com Maninho, mas este não se encontrava por lá. Depois de ligações, skate noturno e muita espera, nosso convidado de honra chega ao pico e já nos indica um bom lugar para fazer a primeira foto do dia. De lá nos dirigimos à uma velha transição caindo para a descida próxima à Avenida Sumaré, um lugar praticamente abandonado e de chão mais áspero que uma lixa de obra. Limpamos o pico e armamos a aparelhagem toda, aproximadamente meia hora de sessão, duas trombadas do skate com o flash de tripé e luz quase nula renderam um S/s Frontside Ollie de Maninho.

Da transição, nos dirigimos à tão querida Avenida Paulista, perto da região da Brigadeiro, onde fomos até a Nossa Caixa. Maninho ditou a missão, excêntrico que é, fez dessa sessão um dia único. Logo chegando ao pico, que é um perfeito quarter com pequeno tranco no chão, registrou um F/s grind na transição. Coisa rápida.

A partir de um certo momento, por volta da 1h e pouco da manhã, já estávamos exaustos e com certos problemas técnicos, como pouca bateria para os flashes e, para ajudar, o segurança de um prédio comercial não ajudou em nada na nossa missão, que era de registrar 3 fotos na noite. Chegamos no prédio e havia lá um gap grande vindo de uma lage e passando pelo jardim para o chão. Até montarmos a aparalhagem, o segurança ja chegou chiando. Foi um bláblá das duas partes: nós tentando convencê-lo e ele com aquela velha ladainha de segurança. Beleza, fomos embora bastante frustrados. Já haviamos feito 2 fotos, mas ainda faltava 1, aquela foto!! Porra, uma foto só.

Um velho conhecido nosso, esse foi o palco da 3ª foto. Tendo deixado o carro numa rua próxima ao pico, fomos remando até a esquina da Peixoto Gomide com a Paulista, perto do famoso Wallride da avenida, quando Maninho avistou um hidrante. Não deu outra, voltou uns 3 Fakie Ollies pulando este, que foram registrados na unha pela nossa produção limitada, já que só falltava ter que assoprar o flash pra ele funcionar! Glorioso, Maninho veio ver a foto, foi ai que o inusitado ocorreu. Ouvimos uma voz feminina, era uma mulher de preto, sozinha andando na rua. Ela parou e perguntou se tínhamos um cigarrinho do artista maroto, infelizmente estávamos apenas na missão fotografia. Nosso galanteador máximo se aproximou da garota e já jogou todo seu charme das ruas sobre ela. Esta não resistiu e os pombinhos foram embora juntos pela Avenida. Maninho se despediu de nós em grande estilo. A sessão tardia rendeu, e muito. Cumprimos nossa missão, e pelo jeito, nosso convidado de honra também. Garotas, fiquem de olho no Maninho.¤

Texto por Joe Borges

S/s Frontside Ollie

F/s Grind

Fakie Ollie