Arquivo do mês: junho 2010

OneTheBerricsDv – Felipe Beccari

Felipe “Feto” tira umas da manga no Parque do Ibirapuera antes da bateria acabar.

Obs: o OneDv recomenda para a sua família e amigos (e inimigos também, por que não): Fetones.♣

OneDvOrgulhosamenteApresenta – DualSkateShop Parte 2

Opa! Se você acha que o glorioso evento de Melhor Manobra no Mármore e a exposição de shapes na DualSkateshop ficou por aquilo mesmo está muito enganado…  Agora no dia 11/06/2010 aconteceu a festa de encerramento da 19° prodecks e 2° disputa de Melhor Manobra no Mármore! Confiram novamente aí.

 

  

OneDvOrgulhosamenteApresenta – DualSkateShop

No dia 29/05/2010 começou na Dual Skateshop(R. Ines Monteiro 368,Artur Alvim), a 19° Exposição de shapes customizados Prodecks e o primeiro campeonato de melhor manobra. Vale a pena conferir.

 

  

OneDvApresenta – Douglas Demari “Catarina”, O Retorno

Ele está de volta, Douglas Catarina retorna ao espaço do blog com novas manobras, nova edição e agora em Wide. ♣

OneGirinoDv – O retorno do anfíbio

Ele está de volta! Para quem não botava fé ai está, Bruno Girino volta ao nosso palco com um belíssimo S/s Ollie nesse gap nos arredores do Largo de Moema. Numa noite fria e de pessoas bizarras, fomos fazer a cobertura dessa sessão.

A equipe OneDv formado por Leandro Furini, Joe Borges e Leo Fagundez se dirigiu à marquise do Parque do Ibirapuera para se encontrar com Bruno, para que de lá saíssemos em desbravamento dos picos moemenses. Antes de mais nada, demos uma passada no mercado para comprar pilhas para os flashes, esse foi o verdade pontapé incial. De lá, com pilhas e chocolantes em mãos, nos dirigimos até o Parque das Bicicletas, vulgo Caloi, para darmos uma checada num gap extenso de grama. Nosso receio de que o pico estivesse fechado logo se transformou em alívio e começamos a aquecer as pernas. Com a luz fraca e a falta de aquecimento, Bruno não se sentiu à vontade e resolvemos dar mais um giro pelas redondezas. Foi aí que surgiu a velha conhecida escada de um ex-banco ali no Largo de Moema. Ao chegar no pico resolvemos utilizá-lo de outra maneira, como um gap de lado, além da foto ficar mais bonita, era uma maneira alternativa de usar o pico. As manobras foram saindo, Bruno deu um Ollie para aquecer é em seguida um S/s Ollie perfeito. Depois de 3 ou 4 S/s Ollies registrados, ele partiu para o S/s Flip e S/s Shovit, sem sucesso (na próxima edição sai!). Cansaço, palhaçadas, flashes na cara e Leo Fagundez mais uma vez se machucando formaram a sessão nesse pico. De lá rodamos mais um pouco pela região da Santo Amaro e chegamos a uma sábia decisão: vamos tomar uma cerveja pela foto. Foi aí que a bizarrice começou.

Leo, brincando de levar Flash no cérebro

Taí o resultado..

Pão de Açucar, ó! Pão de Açucar. Esse foi o lugar que encontramos para estalarmo-nos no frio da meia-noite. Nos abastecemos de algumas garrafas de Original e pão com mortadela e sentamos no estacionamento. Conversa vai, conversa vem e enquanto Leo nos emocionava com sua verídica história épica que ocorrerá no dia anterior, quando foi assistir o jogo da Copa com uns amigos, mas por razões mais ou menos óbvios nem sequer sabia onde estava nem que o segundo tempo ja tinha acabo à 3 horas, surge uma figura na rua. Era um homem de meia-idade, cambaleante e muito, mas muito, afeminado. Ele surge no meio de nós quatro cantando: “Bomxibomxi.. bombom.. bom!” e para! “Puta que pariu, daonde veio esse cara” pensamos. Ele nos alugou por uns 15 minutos com um discurso alterado por drogas ilícitas (especulação apenas.. cof cof) e uma pitada de boilice, falando sobre Copa do Mundo e dinheiro. O cara era bem folgado, mas mantemos o espírito OneDv de levar na boa e dar risada e no final quem saiu irritado foi ele! Por que?! Leo Fagundez tem a resposta, perguntem à ele (e é pra perguntar mesmo!). O campeão entrou no mercado e depois de alguns minutos seguimos nosso caminho, como de costume, depois de ficarmos um bom tempo bundando no pequeno portão branco do mercado.

A sessão rendeu de tudo, desde manobra cabreira até essa figura tosca do mundo subterrâneo de Moema. Bruno Girino deu as caras mais uma vez no blog, e não pela primeira nem pela última vez.

Texto por Joe Borges